Inep avalia proficiência de estrangeiros em língua portuguesa
Notícias
outubro 23, 2023

A aplicação do exame para obtenção do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) 2023/2 começa nesta terça-feira, dia 24, e vai até o dia 26, tanto no Brasil como no exterior. O Celpe-Bras é o procedimento oficial do Brasil para certificar a proficiência em português como língua estrangeira.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as provas serão realizadas em instituições de educação superior, representações diplomáticas, missões consulares, centros culturais e outras instituições interessadas em promover e difundir a língua portuguesa. Os resultados serão divulgados em 15 de dezembro.

O participante deve chegar ao local da prova pelo menos 30 minutos antes do horário de início. No caso de exames no exterior, é necessário apresentar um passaporte ou documento de identificação oficial com foto válido no país onde o exame é realizado.

Para os participantes que farão a prova no Brasil, é obrigatório apresentar um documento de identificação oficial com foto, como identidades emitidas por secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, polícias Militar e Federal, além de documentos expedidos pelo Ministério da Justiça para estrangeiros e carteiras de Registro Nacional Migratório. Documentos de identificação de ordens ou conselhos de classe, passaportes, carteiras de habilitação, documentos de trabalho e documentos digitais com foto, como e-Título, CNH digital e RG digital, também são aceitos.

A prova escrita avalia a compreensão oral e imagética, a leitura e a produção escrita em língua portuguesa de forma integrada. A prova oral (interação face a face) avalia o desempenho na compreensão e na produção oral da língua.

A proficiência é avaliada com base nos resultados do participante em ambas as partes do exame, incluindo práticas de uso da língua portuguesa que podem ocorrer no cotidiano de estrangeiros que desejam interagir em português no Brasil.

Fonte: Agência Brasil