Como se tornar um posto aplicador do Enem Digital
ENEM
19 de agosto de 2020

Desde o dia 10 de agosto, instituições interessadas em aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital podem realizar o cadastramento eletrônico no sistema da Rede Nacional de Postos Aplicadores (RNPA). Além do Enem Digital, os locais cadastrados também poderão aplicar outros exames e avaliações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em formato digital.

Poderão compor a RNPA as instituições de ensino e outras entidades públicas e privadas que disponham de infraestrutura, equipamentos e atendam aos demais requisitos exigidos na Portaria n.º 473.

Saiba quais são os principais critérios:

Os locais cadastrados serão visitados por equipes técnicas da empresa aplicadora autorizada pelo Inep para a certificação das características estruturais. Além disso, ao realizar o cadastramento, a instituição deverá designar um profissional para coordenar todas as etapas para a composição da RNPA. O Inep terá o prazo de 60 dias úteis para realizar a análise das informações, a contar da data final do período de cadastramento, prevista para as 23h59 do dia 30 de agosto, pelo horário de Brasília.

A conclusão do cadastro não garante à instituição a certeza de que será um posto aplicador. Caso as instituições não apresentem capacidade suficiente para o atendimento de todos os participantes em determinado município de prova, ou estejam distantes das áreas de grande densidade populacional de participantes, empresas autorizadas pelo Inep poderão captar outras instituições além das cadastradas, em casos excepcionais.

O local apto a compor a RNPA será chamado de posto aplicador, com credenciamento válido por até dois anos, e poderá ser renovado por períodos iguais, mediante a solicitação da instituição e condicionada à reavaliação da equipe do Inep.

Enem Digital – A modalidade é ofertada em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios definidos pelo edital, com número respectivo de vagas. Nesta edição, apenas os estudantes concluintes do ensino médio, ou que já terminaram a etapa em anos anteriores, e não precisam de recurso de acessibilidade puderam se inscrever para fazer as provas. Os computadores para o exame serão disponibilizados nos locais de aplicação e não será possível utilizar equipamento pessoal. As provas estão marcadas para os dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Fonte: INEP