Enem digital: como impedir a ‘cola’? E se o computador quebrar? Veja 10 perguntas e respostasc
ENEM
4 de dezembro de 2020

Pela primeira vez, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terá, além da tradicional prova impressa, uma versão virtual. Dos mais de 100 mil inscritos na nova modalidade, 96.086 confirmaram a participação no exame, marcado para 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Em entrevista ao G1, o presidente substituto do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Camilo Mussi, deu mais detalhes sobre a dinâmica de aplicação da prova. Como garantir que ninguém “cole”? A redação vai ser manuscrita? E se o computador quebrar?

Confira as respostas abaixo:

1- Como impedir a ‘cola’?

Segundo Mussi, os computadores não terão acesso à internet nem lerão CDs ou dispositivos conectados por cabo USB. O candidato também não conseguirá usar programas de edição de texto (como Word) ou calculadora.

“É um ambiente específico que só permite que o estudante veja a prova do Enem. E haverá todo o esquema de segurança já usado na edição impressa, como fiscais na sala de aula e nas idas ao banheiro”, diz.

2- Vai ter câmera de vigilância?

Na edição de 2020, não haverá o uso de câmeras de vigilância, mesmo nos laboratórios que já tenham o equipamento de segurança instalado. “A gente ainda está pensando em como será no futuro. Mas, por enquanto, nada de filmagem”, diz o presidente substituto do Inep.

 

Fonte: G1