MEC disponibiliza nesta quinta-feira (7) as Avaliações Formativas para Ensino Fundamental
Notícias
outubro 7, 2021

O Ministério da Educação disponibiliza, a partir desta quinta-feira (7), as Avaliações Formativas, direcionadas ao Ensino Fundamental, anos iniciais e finais. A avaliação possibilitará a realização de diagnóstico quanto ao nível de aprendizagem do estudante, para fins de personalização do ensino, medindo de maneira profunda e individual o processo de ensino-aprendizado. O anúncio será oficializado em cerimônia, no auditório da Capes, às 15h, e transmitido no canal do ministério no YouTube.

As avaliações serão disponibilizadas, tanto para rede pública e quanto para a particular, caso haja interesse, por meio de plataforma específica, desenvolvida em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF).

As Avaliações Formativas se configuram como um método é diferenciado dos aplicados atualmente, por não exigir que o aluno reproduza o conteúdo dado em sala de aula, mas sim que demonstre o seu desenvolvimento pessoal.

Esse projeto foi iniciado ainda em novembro de 2020, quando o MEC definiu como prioridade apoiar as redes de educação em todo o país no diagnóstico das deficiências de aprendizagem causadas pela suspensão das aulas presenciais na grande maioria das escolas brasileiras. A proposta contempla uma importante ferramenta para avaliação da fluência em leitura oral dos estudantes do 2° ao 5º ano, representando uma inovação do projeto.

Os professores terão ainda disponível outra inovação: as devolutivas pedagógicas auxiliarão os professores na definição das medidas e abordagens pedagógicas para reduzir as deficiências de aprendizagem com a compreensão da situação de cada aluno e turma. As matrizes de avaliação e as referências curriculares também estarão disponíveis para acesso dos professores. Além disso, todos os itens possuem comentários explicitando seu alinhamento com a BNCC.

O resultado também irá contribuir com o Programas Tempo de Aprender, que em seu terceiro eixo, voltado ao aprimoramento das avaliações da alfabetização, preconiza o provimento de avaliações formativas para atenção individualizada às redes públicas aderentes ao programa. No caso do Programa Brasil na Escola, irá ajudar na implementação da estratégia de acompanhamento personalizado das aprendizagens, sobretudo na redução das desigualdades na sala de aula e nas unidades escolares.

A ferramenta é parte da ação de assistência técnica por parte da União voltada aos entes da federação e contribui diretamente para a melhoria da qualidade da alfabetização.

 

Clique aqui e assista ao evento.

 

FONTE: Assessoria de Comunicação Social do MEC.