MEC promoveu evento de credenciamento de novas unidades de inovação Embrapii
Notícias
agosto 9, 2021
O evento ocorreu nesta sexta-feira (06), com o objetivo de ampliar a participação das Ifes no cadastro de unidades Embrapii e potencializar o desenvolvimento de projetos empresariais
O Governo Federal promoveu, por meio do Ministério da Educação (MEC), no âmbito da Secretaria de Educação Superior (Sesu), um evento de credenciamento de novas unidades de inovação nas universidades federais gerenciadas pelo MEC nesta sexta-feira (06). O evento teve por objetivo a ampliação da participação das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) no cadastro de unidades Embrapii e potencializar o desenvolvimento de projetos empresariais.

Compuseram a mesa do evento o Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro; o secretário-executivo do MEC, Victor Godoy; e o secretário de educação superior, Wagner Vilas Boas.

Foram selecionados oito novos grupos de pesquisas em universidades federais para atuarem com a indústria como unidade Embrapii. São elas: a Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop); a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF); a Universidade Federal de Pelotas (UFPel); a Universidade Federal de Itajubá (Unifei); a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); a Universidade Federal da Paraíba (UFPB); a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS).

Os oito novos polos de inovação selecionados somam-se a outros 17 polos que já foram credenciados, totalizando, assim, 25 unidades Embrapii, que estão espalhadas por 23 universidades federais. Milton Ribeiro reforçou a importância do credenciamento das novas unidades: “Hoje é um dia de celebração do credenciamento dessas novas unidades da Embrapii. A entrada dessas novas unidades pretende atrair empresas pelo fomento não reembolsável e pela capacidade de geração de soluções tecnológicas das universidades federais (…)”, afirmou.

Serão repassados aos novos polos R$ 10 milhões por meio do MEC e R$ 5 milhões por meio do Ministério da Economia, para serem investidos em projetos de inovação realizados em parceria com a indústria. Também está previsto o apoio das FAPs às unidades Embrapii, com a destinação de R$ 3,9 milhões para financiar bolsas de apoio à pesquisa e custeio da contrapartida econômica dos polos.

Wagner Vilas Boas parabenizou o ministro Milton Ribeiro por trabalhar continuamente com vistas a aproximar as universidades federais do setor empresarial. “O que nós estamos fazendo é ciência, tecnologia e educação de ponta. E como secretário de educação superior, eu gostaria de agradecer ao ministro Milton Ribeiro, que desde a sua chegada tem apoiado esse projeto de transformação das nossas universidades (…)”, pontua o secretário de educação superior.

A íntegra do evento pode ser acessada por meio do linkhttps://www.youtube.com/watch?v=VUfcXKLY6h4

 

FONTE: MEC