O Brasil, a Língua Portuguesa e a CPLP por Pedro Brêtas, Embaixador.
Notícias
novembro 5, 2021

Nossa Língua Portuguesa é homenageada anualmente com duas datas oficiais:  enquanto o dia 5 de novembro que se aproxima é reconhecido como o Dia Nacional da Língua Portuguesa, o dia 5 de maio é o Dia Mundial da Língua Portuguesa.

A celebração do Dia Mundial da Língua Portuguesa decorre de decisão adotada em 2019 pela UNESCO, em reconhecimento da projeção internacional do idioma, por muitos desconhecida. Vale lembrar que o português já é a língua mais falada no Hemisfério Sul; a quinta mais usada na internet; e o idioma de trabalho de mais de 20 organizações internacionais.  É a língua oficial dos mais de 270 milhões de habitantes dos 9 países que formam a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP): Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. E é uma língua em expansão, tanto pelo crescimento das populações que a tem como língua materna, quanto pelo seu uso cada vez maior, no mundo inteiro, em setores como comércio, produção científica, educação e cultura.

Já a celebração do Dia Nacional da Língua Portuguesa é uma homenagem que nós mesmos prestamos ao idioma falado pelos mais de 213 milhões de brasileiros, distribuídos numa área geográfica que ultrapassa o total dos demais países lusófonos. A data escolhida recorda o nascimento de Rui Barbosa e a contribuição deste brilhante escritor e político, membro fundador da Academia Brasileira de Letras, que se dedicou profundamente ao estudo da nossa língua e da nossa cultura.

Essas perspectivas nacional e internacional da Língua Portuguesa apoiam-se mutuamente: fortalecer a língua portuguesa é fortalecer a CPLP; e fortalecer a CPLP é apoiar a projeção internacional do Brasil, país com a maior economia, a maior produção científica e cultural e o maior número de falantes do idioma. Nesse contexto, o Brasil exerce papel crucial na promoção internacional do português, sobretudo a partir da atuação do Itamaraty, e celebra o 5 de maio e o 5 de novembro com muita satisfação e orgulho.

Embaixador Pedro Fernando Brêtas Bastos