Programa de Formação no Sistema de Serviço Social e de Saúde da Itália na Região Emília-Romana
Notícias
Gabrielle Boeze janeiro 29, 2024

A mudança na formação das profissões da saúde é uma tendência reconhecida internacionalmente e está presente nos melhores projetos pedagógicos e na literatura científica. O ensino dessas profissões incorporou inovações relevantes, incluindo vivências em diferentes realidades que podem enriquecer a formação de cada estudante.

Oferecemos uma experiência formativa na Itália, junto a renomadas universidades ocidentais e sistemas de saúde e social, que deixará uma marca na sua formação. Essa vivência inclui visitas a locais históricos das profissões da saúde, além de atualizações sobre a formação nas Universidades de Bolonha e Parma e em serviços de saúde de referência, museus de história da medicina e tecnologia em saúde. Com o apoio de profissionais experientes, você terá a oportunidade de planejar sua atuação profissional e criar novas conexões para participar de projetos internacionais.

Em fevereiro de 2024, você poderá desfrutar de uma programação especial em cidades históricas, enriquecendo sua formação, pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico em saúde. Dentro do programa, está prevista uma vivência nos serviços voltados para a população idosa na Região Emília-Romana, oferecendo uma experiência científica densa e um intercâmbio cultural relevante. A Itália, com seu sistema socio-sanitário bem estruturado e envelhecimento populacional incorporado, oferece uma oportunidade única de aprendizado.

A Região Emília-Romana foi escolhida como local para o estágio de estudantes de diversos cursos, permitindo adquirir experiência direta nos serviços e instalações voltadas para a população idosa, desde programas de prevenção até assistência de longo prazo em instalações adequadas para pessoas com incapacidades complexas.

Público-alvo: Trinta estudantes e profissionais da área de saúde, principalmente aqueles dos cursos de medicina e áreas correlatas à gestão e saúde.

Locais e Temas:

Programação (Horário local da Itália):

12 de Fevereiro – Bolonha:

13 de Fevereiro – Cesena:

14 de Fevereiro – Modena:

15 de Fevereiro – Parma:

16 de Fevereiro – Parma:

Metodologia: As vivências incluem seminários para compreensão teórica e prática do contexto, visitas aos serviços e experiências com tutores locais, e visitas/imersões em grupos menores.

Investimento: €1.000 (mil euros) para a programação da semana. Passagens e hospedagem por conta do participante.

Fonte: Juliana Mucury – Rede Geronto